25 de janeiro de 2015

Pic Nic no Bosque 2015

Não gente calma vocês não estão no blog errado. O "Um Pequeno Conto" está de cara nova mesmo. Uma cara um pouco completamente amadora mas ok, fui eu mesma quem fiz e está mas de acordo com meu momento sweet.


Agora sobre o Pic Nic, aconteceu no domingo passado dia 18 de Janeiro e foi muito divertido, apesar de eu ter estado terrivelmente gripada, Belém em Janeiro é a capital das chuvas torrenciais mas pelo 4º ano consecutivo demos muita sorte não ter chuva forte para atrapalhar nosso passeio.



 O Pic Nic foi lindo, foi uma maravilha ter a presença de tantas pessoas lindas a Juh e da irmã dela, da Rah e da Hanako que sempre ficamos sacaneando por ser uma furona mas sabemos o esforço que ela faz pra estar nos meetings e quando ela vai faz a diferença pq ela sempre é uma fofa. A Rayme e a Maya chegaram bem no final mas foi ótimo elas terem ido.


Anna, Gaby e Rah as aniversariantes das primeiras semanas de Janeiro, descobrimos que quase dez meninas do grupo fazem aniversário em Janeiro a Gaby estava completando anos no dia do Pic Nic então cantamos parabéns para elas, mas ainda assim vamos ter um outro meeting para as aniversariantes de Janeiro.

 

Momento ROUGE Lolitam estamos cantando & dançando Ragatanga (que eu confundi com macarena)  aguardem videos e gifs posteriormente.

Eu gostaria de ter feito esse post na semana passada por que ainda estaria com os detalhes frescos na memória, mas viajei para a praia com a minha mãe logo em seguida e não tive tempo, também estava esperando o Lenon postar as fotos que ele fez nesse dia, que por sinal ficaram fodásticamente lindas, valeu super a pena esperar por elas.


Ainda é necessário dizer que eu estou total e completamente apaixonada por essas fotos? E por esse outfit, a muito tempo eu queria fazer algo com inspiração em fadas, mas especificamente em dríades, não me lembro desde quando ou por que eu tive essa ideia mas com certeza As Crônicas de Nárnia e Percy Jackson tem uma influência nisso.

  
A tiara de flores fui eu mesma  que fiz e por favor me permitam ficar orgulhosa com ela, por que eu sou uma pessoa totalmente desprovida de coordenação motora fina, tenho a caligrafia feia e não consigo pintar as unhas, então eu pensei que conseguir fazer essa tiara seria um dos trabalhos de Hércules pra mim, porém foi incrivelmente fácil e prazeroso. Que tipo de Dríade eu seria se não conseguisse trançar minha própria tiara de flores?

 


 Por que uma Dríade e não uma fada? Por que quando as pessoas pensam em fadas logo imaginam aqueles seres de pele bem branquinha, as dríadas refletem em sua aparência árvore que elas representam e foi isso que eu tentei fazer, eu sou um Ipê da Flor Rosa, tronco marrom representado na minha pele e nos cabelos, folhas verdes representada nos meus olhos e todo o rosa do outfit fit representando as flores, as borboletas, flores e os pássaros no meu cabelo eu simplesmente não resisti afinal eu sou um espírito da floresta e os animais são meus amigos. Outra coisa, as Dríades são uma classe de fadas que não possuem asas, já usei uma fantasia de carnaval com asas... incomodam. 


Tiara de Flores: Feita por mim
Peruca: Bodyline
Jsk: Innocent World
Meias: Bodyline
Sapato: Bodyline
Acessórios: Off Brand

Muito obrigada pela visita, espero que tenham gostado do post, voltem sempre e aguardem os vídeos e gifs desse Pic Nic.


15 de janeiro de 2015

Compras & Brechó pq sim!

COMO ASSIM JÁ É 15/01/2015?
Janeiro, por favor viado, se acalme que eu quero curtir meu recesso!

Para aqueles que ainda não sabem eu sou professora de Ed. Física na rede estadual e estou curtindo um merecido recesso das atividades até o dia 09 de fevereiro, enquanto isso vou tirando o atraso nos outfits pq tenho um monte de roupas no armário pedindo para serem usadas.

O post de hoje sobre minha compras de Brechó, eu amo/sou brechó, amo garimpar peças naquelas lojas cheias de mofo que fazem minha asma/rinite fiquem loucas.

 

Overdress R$ 3,00 Dilmas



Colete e Bermuda de cós largo R$ 4,00 Dilmas  e R$ 5,00 Dilmas respectivamente



Bermudas simples tamanho 42 que eu comprei para o Breno experimentar um Boy Style.



Esses sapatas eu ganhei de presente da Orientadora mais linda do mundo, a Sol de Souza encontrou essa preciosidade em um Brechó perto da casa dela e lembrou de mim, disse que estava me vendo calçada neles,  são da Marca Demonia ela pagou R$ 6,00 Dilmas nele.

Muitas pessoas tem aversão e não gostam de roupas de brechó, eu acho uma ótima opção pra você incrementar o guarda-roupa com peças baratas, basta ter paciência de procurar mas acho que o principal motivo de eu gostar tanto das roupas de Brechó é por que posso me arriscar nas modificações, se der certo ok, se não der certo eu não vou estar perdendo muito dinheiro mesmo.

Tem também minhas compras inteligentes para completar o armário, estão me faltando bolsas e acessórios e é nisso que estou investindo atualmente, adicionando aos poucos acessórios o próximo passo serão chapéis e outras meias.

 





Por hoje é só pessoal domingo tem Picnic ;)


1 de janeiro de 2015

O Hobbit a Batalha dos cinco Exércitos

Feliz Ano novo galeroso!
Ironia que o meu primeiro post de 2015 seja sobre uma saída de 2014 ainda.

Por motivos de trabalhando, perdi o Meeting que foi organizado para assistir a Batalha dos 5 Exércitos, e olha que as meninas e eu tínhamos combinado de ir com outfits inspirados nos personagens principais, agora meu outfit de Thorin está guardado esperando uma oportunidade de ser usado.


Foi bem interessante a forma como aconteceu de eu me apaixonar pelo universo de Tolkien, na época dos filmes de O Senhor dos Anéis eu não dei muita importância para os filmes ou para livros, tentei começar a ler mas larguei de mão e deixei de lado até o dia em que eu fui ao cinema, por interesse do David, assistir Uma Jornada Inesperada. Eu achei o filme tão cativante, o Bilbo é realmente um personagem muito carismático, quando sai do cinema aquele dia eu disse, "Preciso desse Livro".


O Hobbit foi uma leitura fantástica, leve e contínua algo prazeroso ao extremo de se ler, eu fiquei muito ligada aos personagens, como sempre fico quando leio algo muito, mas a forma como a narrativa de O Hobbit é feita, é como se você lesse o diário de viagem de um amigo muito querido, você se alegra, se surpreende, fica feliz e fica triste, um amigo uma vez me falou que os bons livros são aqueles que você sente, e é dessa forma que aconteceu comigo, a parte mais emocionante e trágica do livro pra mim foi a morte do Thorin, do Fili e do Kili, era algo que eu realmente não estava esperando, me pegou muito de surpresa e gente, eu chorei... chorei como uma criancinha sem mamadeira, chorei como eu não chorava desde a morte do Dobby. Foi como se três de meus amigos tivessem morrido, claro que isso pode ser um bug mental que eu tenho, mas poxa, não foi fácil acompanhar todas as desventuras, todas as dificuldades pela qual a Thorin e sua comitiva passaram para recuperar a terra natal, para reerguer o trono dos anões para depois vê-lo morto e a forma como isso aconteceu...


Então sobre o filme... de forma geral eu gostei do filme, uma coisa que me chamou atenção, já passaram três semanas desde a estréia do filme ainda assim aqui em Belém é preciso você comprar os ingressos antecipados se você chegar uma hora antes no cinema não consegue comprar ingresso para a próxima sessão, eu nunca estive em um sessão de cinema onde as pessoas estivessem tão concentradas no filme, tão absortas na trama, o silêncio era absoluto na plateia você  só conseguia ouvir as pessoas fungando.

Porém eu tenho que dizer que eu fiquei bastante decepcionada com as adaptações que foram feitas na cena que eu mais ansiosamente aguardava que era a morte do Thorin, talvez se eu não houvesse lido eu teria gostado da cena, da ideia do romance entre uma elfa e um anão, mas ao meu ver a construção da cena descaracterizou o fim da jornada, na verdade considerei a forma como aconteceu a morte  dos anões no filme, patética. Claro, essa é só e simplesmente a minha humilde opinião. Tirando isso gostei muito de tudo e não vejo a hora de poder comprar o box com a versão estendida dos filmes.



Momento eu estou meu achando muito bonita hoje e vou bater várias fotos minhas. Agora sério sobre essas fotos, estou amando meu cabelão, apesar de todo o drama que eu passo nos dias de lavar e da preguiça suprema que eu sinto de pentear, é a primeira vez em 10 anos que deixo ele crescer tanto assim, se a paciência me permitir vou deixar crescer até ficar longo o suficiente para eu fazer cosplay de Pocahontas sem peruca. 


Sobre o que eu usei... acho que posso classificar como "Não sei o que Kei", tem inspiração lolita, tem inspiração em Otome, mas eu não sei ao certo se pode se encaixar em algum estilo, mas eu não ligo mesmo, essa é uma das roupas que faz eu me sentir bem ao usar, é bem feminino e confortável. É muito mas fácil apenas vestir algo que faz com eu me sinta bem sem ficar preocupada com conceitos e regras de estilo e é isso que eu faço quando tenho paciência pra me arrumar. Mas se alguém quiser chutar alguma opinião sobre esse look fique a vontade.

Beijos Beijos e até a próxima ;)


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...