19 de junho de 2014

Resenha (Totalmente Apaixonada) Jogos Vorazes

Oi gente e ai tudo beleza? Hoje eu estou aqui para mas uma resenha.

COLLINS, Suzane. Jogos Vorazes. Primeira Edição - Rio de Janeiro: Rocco Jovens Leitores, 2010.


Gente eu não LI Jogos vorazes... eu devorei os livros desesperadamente. Sou do tipo de pessoa que quando um livro é bom vai rendendo a leitura, lendo um ou dois capítulos por noite, mas dessa vez foi impossível, eu simplesmente não conseguia parar de ler, terminei os três livros da série em 10 dias isso por que toda vez que eu terminava um livro eu esperava a noite, assistia o filme e só depois começava o livro seguinte. Quando eu terminei Em Chamas para começar a Esperança eu já estava super angustiada, mas então vamos lá para um pequeno pequeno resumo de cada um dos livros e depois meus comentários, vou tentar não dar spoiler sobre a Esperança.


O meu interesse pelos livros (assim como a maioria das pessoas) apareceu depois que eu assisti filme Jogos Vorazes, mas na verdade eu só fiquei mesmo interessada depois que eu vi Em Chamas, eu sai do cinema pensando "Eu preciso ler Jogos Vorazes". Sobre a aparência dos livros,  depois que eu li a trilogia Mundo de Tinta eu passei a reparar muito mas nessas coisas, ele é bem simples e bonito, seguem um padrão e a ilustração está diretamente ligada com o desenvolver da história, destaque por todos os pássaros são em alto relevo e dão uma sensação tão gostosa quando você passa a mão por eles, como se você pudesse sentir as penas.

 
Sobre Jogos Vorazes, a história acontece num futuro distante e um cenário pós-guerra, a América do norte foi pro espaço e o que restou se tornou uma nação chamada Panem, composta por 12 Distritos, antigamente 13, e governado pela Capital representada pelo Presidente Snow, que se apropria de todos os bens produzidos nos distritos, praticamente um feudalismo. Os habitantes dos distritos só tem liberdade para serem oprimidos, trabalhar, estudar e morrer de fome, então eles se rebelaram contra a capital, sem sucesso o distrito 13 é destruído para que  fique o exemplo aos outros, e eles criam o Tratado da Traição, que obriga os Distritos a enviar todos os anos um casal de jovens como tributo para lutar até morte em uma arena, até que sobre apenas um vitorioso, esses são Os Jogos Vorazes, tudo isso, desde a seleção dos tributos até as mortes na arena são televisionados, um Reality Show brutal e sangrento. 

Imagem do final do livro, o Tordo.
A personagem principal é Katniss uma garota de 16 anos do Distrito 12, pobre, órfã de pai, que desde cedo teve a responsabilidade de cuidar da sua família, ela se apresenta como voluntária no lugar de sua irmã mas nova para participar da 74ª Edição dos Jogos Vorazes, o tributo masculino do seu distrito é Peeta  um garoto que sempre foi secretamente apaixonado por ela, e isso da o que render.
Resumindo tudo depois que a Madge, a filha do prefeito, deu o broche de Tordo para a Katniss, temos a ida até a Capital, o desfile dos tributos e aparição espetacular da Katniss e do Peeta de mãos dadas e em Chamas, o centro de treinamento do tributos, a declaração de amor ao vivo do Peeta, as mortes nos jogos, a suposta traição de Peeta, depois o inicio do romance entre eles. Os dois são os finalistas dos Jogos, depois de terem a esperança de poderem voltar para casa juntos os idealizadores revogam a regra e dizem que somente um deles poderá voltar, sendo assim um terá que morrer. Katniss se recusa a matar Peeta e oferece a ele amora-cadeado que é venenosa, para que os dois possam morrer. Na possibilidade de não existir um vencedor dos jogos dois são declarados vencedores. E ai ai que começam todos os problemas para a Capital. O que deveria ser o ato desesperado de amor é visto pelas pessoas nos distritos como um ato de rebeldia, e se uma uma garota pode se rebelar eles também podem, somando tudo isso as péssimas condições de vida das pessoas, o Presidente Snow que percebeu tudo isso muito rápido, passa ficar preocupado com a repercussão desses fatos.

A primeira coisa que eu percebi é que a narrativa é feita através do olhos da Katniss, ela tem um percepção bem passiva do mundo que a cerca, diferente de Gale, o melhor amigo dela que sempre deixou claro seu descontentamento e revolta com o controle da Capital. Deixei de fora do resumo muitas coisas, muitos personagens, mas acredito que a maioria de vocês já tenha visto o filme então eu apenas resumi o livro de acordo com o que eu percebi. Fiquei surpresa de ver como a adaptação do filme é fiel ao livro até mesmo nos diálogos, eles conseguiram também colocar na tela muita coisa que só acontece na cabeça da Katniss. 

Eu gostei muito da Equipe de preparação e a forma como ocorre o relacionamento deles com a Katniss ela os descreve como animais de estimação, e eu os imaginei como aqueles poodles coloridos e super adestrados que fazem coisinhas engraçadas. Todos os ferimentos e batalhas são muito mas violentos e sangrentos no livro,  a morte do Cato o tributo do Distrito 2 é horrível e muito sofrida, o fato do Peeta perder uma perna por causa dos ferimentos me deixou chocada.

Preciso dizer que eu fiquei apaixonada pelo Peeta e obcecada pelo Josh Hutcherson  por como ele é fofo, gentil, carinhoso e paciente com a Katniss, nesse quesito o filme deixa muito a desejar o relacionamento deles é muito mas profundo do que eles conseguiram mostrar, desde os primeiros capítulos eu já estava torcendo por eles como casal, eu sofri bastante com o final do livro, por causa da confusão mental na cabeça da Katniss em relação ao sentimentos dela pelo Peeta e pelo Gale, entre o que eles fizeram por vontade própria e o que precisaram fazer para se manterem vivos na arena, mas realmente são coisas de mas para a cabeça de uma garota de 16 anos.

Última página do livro... suspira 1 milhão de vezes.

Gente e vocês já leram ou viram os filmes? Compartilha ai a opinião =D

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi muito obrigada pela visita. Deixe o seu comentário abaixo que eu vou ficar muito feliz e responder com todo amor e carinho.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...